Ao longo de nossa história, assumimos um compromisso: promover o desenvolvimento do país, superando desafios, gerando resultados duradouros e contribuindo para melhorar a vida das pessoas. É um propósito que guia a forma como a Votorantim faz os seus negócios.

No mundo atual, não importa o que uma empresa produz, mas a forma como ela produz. Respeito é um dos nossos valores. Não é um conceito abstrato, nem uma regra obrigatória para todos que trabalham aqui. Respeito faz parte da nossa cultura, do nosso jeito de atuar.

DNA

O respeito sempre esteve presente nas nossas relações e na forma como desenvolvemos nossos negócios. Mas os desafios do futuro são outros. Estamos num mundo mais complexo, incerto, volátil e ambíguo. A sociedade tem apresentado novas demandas às empresas, que exigem um olhar voltado para a inovação e um cuidado ainda maior com o uso de recursos naturais. Esse olhar e esse cuidado é que permitirão a transformação dos negócios e a perenidade das empresas.

Em tempos em que os princípios éticos são tão valorizados pela sociedade, a Votorantim orgulha-se de ter buscado durante sua trajetória o aprimoramento de suas relações e de seus valores e crenças, de ter buscado sempre gerar impacto positivo nas pessoas.

A Votorantim chega aos 100 anos como uma gestora de investimentos de longo prazo, com a consciência de que negócios têm ciclos e que é fundamental tomar decisões de investimentos com uma visão de longo prazo, com muito trabalho, planejamento e resiliência. Em todas as empresas do portfólio, há um mesmo DNA que orienta a forma como as pessoas trabalham e como os negócios são feitos.

Nossa história, nossos valores, nossas crenças e nossa visão de futuro guiam as decisões do dia a dia e fazem a Votorantim continuar sólida e empreendedora, com capacidade de se reinventar, crescer e superar-se sempre.

REGISTROS DA NOSSA HISTÓRIA 

Conheça os pilares desse DNA, em três documentos emblemáticos da história da Votorantim: a carta escrita pelo Senador José Ermírio de Moraes aos seus filhos, em 1969, e os livros comemorativos dos 85 anos da Votorantim (2003) e dos 90 anos da companhia (2008).

Thumb_cartaSenador      Thumb_capa_reportAnual      Thumb_FinalLayout

A inovação está presente de diversas formas nas empresas do portfólio da Votorantim. Essa cultura de inovação nas empresas vem sendo incentivada pela holding gestora de investimentos, e já resulta em projetos e protótipos que estão em fase de desenvolvimento ou testes nas empresas.

Entre esses projetos, estão o programa Mining Lab, que apoia startups voltadas à pesquisa de soluções inovadoras para a mineração, com foco em uso da nanotecnologia no processo de recuperação e desenvolvimento de nanopartículas em produtos da indústria de mineração, e de energias renováveis que substituam ou otimizem as matrizes energéticas tradicionais(Votorantim Metais), o uso de tecnologias de ponta voltadas para o aproveitamento do eucalipto para a produção de biocombustíveis (Fibria), o desenvolvimento de módulos flutuantes com microcélula solar fotovoltaica, impressa em filme feito a partir de molécula orgânica, para geração de energia adicional em reservatórios de hidrelétricas (Votorantim Energia), o apoio a fintechs voltadas para a inovação dos processos financeiros e bancários (Banco Votorantim), o uso de combustíveis alternativos em lugar dos de origem fóssil, na produção de cimento, a partir do coprocessamento de biomassa e de outros materiais na geração de energia (Votorantim Cimentos), protótipos de uso de impressoras 3D na produção de equipamentos usados na indústria do alumínio (CBA) e o uso da computação cognitiva em um veículo sensorizado para coleta de informações climáticas nas plantações de laranja (Citrosuco).

Como parte da preparação de seu centenário, a Votorantim promoveu, em abril, uma feira de tecnologias emergentes e novos padrões de produção, consumo e interação, a Tech Fair. Essa feira reuniu startups, companhias que são referência em inovação e tecnologia e empresas do portfólio da Votorantim para apresentar projetos e protótipos em desenvolvimento ou em estudo, além de palestras com especialistas em temas como novos materiais, operações digitais, tecnologias sociais, e recursos energéticos. A Tech Fair é uma ação do Programa 18.18, responsável pelo movimento de transformação da companhia para a construção dos próximos 100 anos. A iniciativa tem como objetivos ampliar a conexão das pessoas com tendências e movimentos de impacto no futuro das organizações, além de engajar lideranças e equipes na implementação de modelos alinhados com propósito e visão de futuro da companhia.

Clique aqui e saiba mais sobre a Tech Fair.

O conceito de sustentabilidade surgiu há cerca de 30 anos, quando uma comissão da ONU publicou o relatório “Nosso Futuro Comum”, no qual desenvolvimento sustentável foi definido como uma forma de suprir as necessidades das gerações atuais sem comprometer a capacidade de as gerações futuras satisfazerem suas próprias necessidades. Desde então, a sustentabilidade passou a fazer parte do debate público.

Ao revisitar nossa história, identificamos vários momentos em que uma preocupação com esse tema, muito antes de o termo sustentabilidade entrar no repertório da sociedade. Um dos exemplos mais emblemáticos disso é o Legado das Águas, uma reserva de mata atlântica com mais de 31 mil hectares, no interior do Estado de São Paulo, que hoje é a maior reserva privada de Mata Atlântica do país.

Essa área começou a ser preservada há quase 60 anos, quando a Votorantim começou a adquirir terras no entorno dos rios onde veio a construir sete usinas hidrelétricas, para suprimento de sua fábrica de alumínio.

Uma visão de futuro atípica levou a companhia a adquirir as terras até as nascentes dos rios, para garantir a perenidade da água para a geração de energia e para as pessoas que moram na região e dela dependem. Em 2012, essa área tornou-se o Legado das Águas, um projeto inovador de uma reserva auto-sustentável, onde são desenvolvidas pesquisas científicas sobre a fauna e a flora daquele bioma, visando a criação de negócios baseados na biodiversidade como o cultivo de mudas de mata atlântica com fins de reflorestamento e o mapeamento genético de espécies vegetais para estudos em biotecnologia.

Saiba mais em www.legadodasaguas.com.br.